Notícias

ASSISTÊNCIA TÉCNICA E GERENCIAL ESTIMULA PRODUTOR A APOSTAR NA PRODUÇÃO DE LEITE E OS RESULTADOS APARECEM.

18/08/2021 12h35

O produtor rural Wilton Gomes encontrou na Assistência Técnica e Gerencial do Senar, a orientação necessária para diversificar a produção na propriedade dele. Até alguns anos atrás, o trabalho na fazenda Batatal, em Palmeirópolis, tinha um único objetivo, o gado de corte. Mas com o auxílio técnico necessário, o produtor transformou a produção de leite, que era apenas para consumo familiar, numa nova frente de negócio da propriedade.

Segundo o produtor, com a chegada do programa ele passou a entender que dava pra fazer o rebanho dele ser mais produtivo, gerar receita e ajudar nas despesas gerais da propriedade. “Antes nós tirávamos o leite para subsistência, não tínhamos aquilo como uma fonte de renda, mas a orientação que recebemos do Senar, mesmo sem muitos investimentos, consegui melhorar minha produção, disse o produtor, que além de passar a ganhar dinheiro com a atividade, abriu novas frentes de trabalho na fazenda dando oportunidade a trabalhadores desempregados.

Localizada no munícipio de Palmeirópolis, a Fazenda Batatal foi contemplada com a ATeG a cerca de um ano e sete meses. Segundo o técnico de campo, Paulo Henrique Soares, a propriedade já conseguiu identificar bons resultados nas mudanças que fez. “Quando nós iniciamos o programa a produção de leite por animal e por área era muito baixa. Como o produtor aceitou apostar na atividade, fizemos mudanças nos cochos, nas cercas e suplementamos a alimentação dos animais”, explicou. Segundo ele, a reação foi tão positiva que em pouco tempo a produção de leite saltou de 80 litros/dia para mais de 200 litros de leite com o mesmo rebanho.

O diretor do programa, André Abreu, enfatizou que o sucesso da propriedade é pautado em três pilares: produção de alimentos, manejo nutricional e a genética “Hoje o produtor melhorou o piqueteamento para facilitar o manejo nutricional, fez uma capineira para dar um suporte maior para o gado na época da seca e conseguiu aumentar a produtividade com um investimento mais baixo. Isso reflete diretamente no bolso do produtor rural”, pontuou.

Animado com a produção, Wilton garante que pretende continuar investindo na atividade. Para ele, os resultados mostram a qualidade do programa e os resultados práticas que ele proporciona. “Por causa de tudo que já conseguimos aqui, nós já temos quatro trabalhadores a mais na fazenda e estamos felizes por também gerar emprego. Esperamos que o SENAR continue estendendo a mão pra nós, porque acho que tenho condições de ser referência nesse campo”, comemorou.

Para saber mais sobre o programa de Assistência Técnica e Gerencial do SENAR, acesse nosso site. Fique por dentro também de todas as notícias relacionadas ao agro. (www.faetrural.com.br www.senar-to.com.br)

DCom Sistemas FAET/Senar 
Palmas, 18 de agosto de 2021